Categorizado | Moradia

Ativista do movimento de moradia, Gegê é absolvido após nove anos

Escrito em 18 abril 2011 por admin

“Estou em liberdade, mas não sei o que está por trás das inimizades fabricadas durante o processo”, a frase é de Luiz Gonzaga da Silva, o Gegê, absolvido no dia 5 de abril e que sofreu perseguição durante nove anos.

Gegê é membro do Movimento de Moradia no Centro (MMC) e da Central de Movimentos Populares (CMP). A acusação era vista como uma tentativa de criminalização dos movimentos sociais.

Em 2002, Gegê foi acusado de dar carona ao assassino de um homem que morava no acampamento sob coordenação do MMC. Em parte desse período, o ativista teve momentos em que foi considerado foragido da Justiça.

Após a sentença, Gegê afirmou que vai precisar se preocupar com a própria segurança por ter inimigos nas ruas. Claramente entristecido, apesar do resultado, ele explicou que teme agora pela própria vida e não sabe ainda exatamente o que vai fazer. “Estou em liberdade, mas não sei o que está por trás das inimizades fabricadas durante o processo. O caso todo mostra que houve interesses e pessoas que quiseram me incriminar”, avisa.

Deixe uma resposta