Categorizado | Destaque, Mundo

Revolução nos países árabes

Escrito em 30 março 2011 por admin

Depois do povo da Tunísia conseguir tirar o ditador Ben Ali do poder, todo o mundo árabe começou a se agitar. Começaram a revoluções no Egito, Argélia e Iêmen. Viram que era possível  juntar o povo para lutar por condições melhores e tirar ditadores que estavam há décadas no poder.
Tudo começou quando na Tunísia um homem que já possuía diploma universitário, mas que não conseguia arranjar emprego, abriu uma lojinha. Policiais vieram e falaram que ele não podia ter uma loja ali. Destruíram toda a loja e depois deram um tapa em sua cara. Ele foi para o meio da praça e colocou fogo em seu próprio corpo. Todos saíram às ruas, as lojas em volta se fecharam e começaram uma manifestação.
Claro que isso só foi a gota d´agua. Toda essa revolta é uma reação contra as péssimas condições de vida provocadas pela crise mundial, contra o terror cotidiano de viver sob uma ditadura, contra o desemprego crescente, contra a ameaça de ser demitido a qualquer momento ou de ser preso ou morto se mostrar o descontentamento contra os abusos de uma polícia corrupta. A luta dos povos árabes é para que eles possam viver em condições de dignidade.
O povo árabe mostrou ao mundo qual o melhor caminho para a mudança: sair às ruas.

4 Comentrios para este post

  1. Cyntia Says:

    Gostei muito pois me deu mais informação sobre o assunto.

  2. #GALINHAMASTER Says:

    OBRIGADA, ME AJUDOU A FUGIR DA TANIA

  3. CAMILA Says:

    foi muito inspirador, me ajudou a refletir sobre a vida dos paises tratados no texto

  4. luzimara Says:

    Gostei muito pois mostra que nos juntos podemos tudo.

Deixe uma resposta